Sessão Solene: SINTE 50 anos de história e luta pelo magistério

O plenário da Assembleia Legislativa, palco de grandes lutas e embates da categoria em defesa dos seus direitos, nesta semana no dia 18 aconteceu a homenagem aos 50 anos do SINTE/SC, contados desde a fundação como ALISC, no ano de 1966.

A proposição para a homenagem partiu da Deputada Luciane Carminatti, mas contou com a presença dos demais Deputados da oposição ao Governo que apoiam e votam junto com a educação, Deputada Ana Paula Lima, Deputado Dirceu Dresch e Deputado Neodi Sareta.

Na ocasião os ex _Presidentes da ALISC, Ex Coordenadores Estaduais do SINTE e o atual Coordenador Aldoir Kraemer. Também as coordenações regionais. Todos/as receberam um certificado. Antes das entregas foi passado aos presentes um Trailer do Memorial, que está sendo feito sobre as história do SINTE, o filme/documentário terá duração de mais de 50 minutos. A pequena parte da história mostrada emocionou a todos/as.

Em sua fala o coordenador do Sinte/SC, Aldoir José Kraemer, lamentou a possibilidade de

cortes nos recursos destinados à educação devido ao limite dos gastos públicos. “A educação é a esperança de ascensão social dos mais pobres, quando você aprova uma emenda constitucional dizendo que em 20 anos serão congelados os investimentos, tira a perspectiva dos pobres de ter melhoria na vida, é contra isso que lutamos”, afirmou Kraemer.

Para Alvete Pasin Bedin, que presidiu o Sinte/SC de 2010 a 2013, a história do sindicato foi

construída por muitas mãos. “É resultado da luta incondicional de toda uma categoria. Lutamos para conquistar e para não perder direitos”, avaliou a sindicalista, que destacou paralisações históricas. “Fizemos greves grandes, com 90% das escolas e mais de 85% dos profissionais parados, sempre às duras penas, nenhum governo deu benesses aos professores”, justificou Alvete Bedin.

O plenário da Assembleia Legislativa, palco de grandes lutas e embates da categoria em defesa dos seus direitos, ontem foi o local de homenagem aos 50 anos do SINTE/SC, contados desde a fundação como ALISC, no ano de 1966.

A proposição para a homenagem partiu da Deputada Luciane Carminatti, mas contou com a presença dos demais Deputados da oposição ao Governo que apoiam e votam junto com a educação, Deputada Ana Paula Lima, Deputado Dirceu Dresch e Deputado Neodi Sareta.

Na ocasião os ex _Presidentes da ALISC, Ex Coordenadores Estaduais do SINTE e o atual Coordenador Aldoir Kraemer. Também as coordenações regionais. Todos/as receberam um certificado. Antes das entregas foi passado aos presentes um Trailer do Memorial, que está sendo feito sobre as história do SINTE, o filme/documentário terá duração de mais de 50 minutos. A pequena parte da história mostrada emocionou a todos/as.

Em sua fala o coordenador do Sinte/SC, Aldoir José Kraemer, lamentou a possibilidade de cortes nos recursos destinados à educação devido ao limite dos gastos públicos. “A educação é a esperança de ascensão social dos mais pobres, quando você aprova uma emenda constitucional dizendo que em 20 anos serão congelados os investimentos, tira a perspectiva dos pobres de ter melhoria na vida, é contra isso que lutamos”, afirmou Kraemer.

Para Alvete Pasin Bedin, que presidiu o Sinte/SC de 2010 a 2013, a história do sindicato foi construída por muitas mãos. “É resultado da luta incondicional de toda uma categoria. Lutamos para conquistar e para não perder direitos”, avaliou a sindicalista, que destacou paralisações históricas. “Fizemos greves grandes, com 90% das escolas e mais de 85% dos profissionais parados, sempre às duras penas, nenhum governo deu benesses aos professores”, justificou Alvete Bedin.

“A Alisc foi fundada durante a ditadura militar, os professores tiveram a coragem de enfrentar o sistema e a repressão e começaram a organização sindical”, elogiou a representante de Chapecó. “Quando a Alisc nasceu os licenciados não tinham direitos, éramos designados em caráter precário”, lembrou a professora Ana Maria do Nascimento Aquini, que dirigiu a associação de 1986 a 1988.

Homenageados da noite (que puderam estar presentes)

  • Julio Wiggers, presidente da Alisc de 1974 a 1978
  • Ana Maria do Nascimento Aquini, presidente da Alisc de 1986 a 1988 e coordenadora do Sinte de 1996 a 1998
  • Mauro Francisco Vieira, presidente da Alisc de 1978 a 1980
  • Elvio Previdello, presidente da Alisc de 1980 a 1983
  • Sergio José Grando, presidente da Alisc de 1984 a 1986
  • Rita de Cássia Pacheco Gonçalves, coordenadora do Sinte de 1990 a 1992
  • Marta Vanelli, coordenadora do Sinte 1998 a 2001 e 2001 a 2004
  • Antonio Valmor de Campos, coordenador do Sinte 2004 a 2006 e 2010
  • Joaninha de Oliveira, coordenadora do Sinte 2008 a 2010
  • Alvete Pasin Bedin, coordenadora do Sinte de 2010 a 2013
  • Luiz Carlos Vieira, coordenador do Sinte de 2013 a 2016
  • Aldoir José Kraemer, atual coordenador do Sinte

Também foram homenageados os coordenadores regionais de Florianópolis, Tubarão, Criciúma, Blumenau, Joinville, Rio do Sul, Lages, Mafra, Joaçaba, Concórdia, Chapecó, São Miguel do Oeste, Itajaí, Caçador, Araranguá,  Brusque, Ibirama, Xanxerê, Maravilha, Jaraguá do Sul, Canoinhas, Laguna, Ituporanga, Curitibanos, São José, São Lourenço do Oeste, Campos Novos e Videira.

Fotos/fonte: Graciela Fell

Deixe o seu comentário