SJSC debate violência contra jornalistas na Câmara

CMF

SJSC

O Sindicato dos Jornalistas participa nesta quinta-feira de uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Florianópolis, às 14 horas. Realizada pela Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Pública, o encontro tem como tema  “Cidadania, Movimentos Sociais e Direitos Humanos”.  O objetivo é reunir setores da sociedade civil para discutir o acelerado processo de criminalização dos movimentos sociais. O evento foi proposto pelo vereador Afrânio Boppré (PSOL).

O presidente do SJSC, Aderbal Filho, é um dos convidados, e abordará em sua intervenção o número cada vez maior de atos de violência contra profissionais de imprensa durante protestos. “A região sul do país deixou de ser o lugar em que ocorriam menos episódios desta natureza, em 2010, para se tornar a segunda com maior número de agressões em 2016”, avalia Aderbal.

Ao todo, o SJSC reportou à Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) 28 casos de violência entre 2010 e 2016. O número pode estar subestimado, já que nem todas as vítimas reportam os acontecimentos. Ainda segundo o relatório, as agressões físicas representam uma em cada três episódios de violência. Os principais agressores de jornalistas são a Polícia Militar (25,47%), manifestantes (18,63%) e políticos, seus assessores e familiares (15,53%).

Articulação

A ideia de realizar o debate na Câmara surgiu a partir de uma reunião com jornalistas que trabalham no movimento sindical e em veículos de imprensa alternativa. O encontro ocorreu na sede do Sindprevs-SC, em Florianópolis, no dia 5 de julho.

Os profissionais também apresentaram outras demandas. Entre elas, a produção de um manual de procedimentos em coberturas de risco, o envio de orientações de segurança para entidades que contratam jornalistas, a aquisição de equipamentos, dentre outros. O grupo, em articulação com o Sindicato dos Jornalistas e com o Sindicato dos Empregados em Entidades Sindicais (Sindes) pretende levar o debate também para a Assembleia Legislativa e para a OAB.

Serviço

Audiência Pública “Cidadania, Movimentos Sociais e Direitos Humanos”

Quando: 17 de agosto de 2017, quinta-feira
Onde: Plenarinho da Câmara Municipal de Florianópolis – Rua: Anita Garibaldi, n. 35 – 1º andar – Centro
Horário: 14 horas

Deixe o seu comentário