Seminário da Associação Catarinense de Rádios Comunitárias englobou novas formas estratégicas para somar forças e abrangência unificada no âmbito nacional da comunicação independente

IMG_3203

Nesta última sexta-feira (1), ocorreu o seminário “A Importância dos Meios de Comunicação Independentes Frente a Conjuntura Atual”, no auditório da Fecesc, localizado no centro de Florianópolis, com o objetivo de unificar meios de comunicação progressistas e libertários de Santa Catarina para ampliar suas diretrizes e focalizar forças em âmbito nacional.

Fotos e resumo: Luca Gebara, para o Jornal dos Trabalhadores

IMG_3275

João Carlos Santin (foto), diretor de Comunicação da Abraço-SC/Acracom, esteve presente representando a direção da Associação no seminário, o qual priorizou diversas pautas importantes como a proposta de direcionar o JT como uma fonte referencial de jornalismo independente pra as rádios comunitárias de todo o país

IMG_3291

Bruno Lima Rocha, cientista político e colunista semanal do Jornal dos Trabalhadores, foi um dos pontos-chave do seminário; esclarecendo e fertilizando as searas comunicacionais e políticas, o cientista e comunicador falou sobre a importância essencial da criação e do compartilhamento de uma rádio web comunitária, com apoio de comentaristas de regiões do Brasil e correspondentes colaboradores de diversas rádios comunitárias brasileiras. O objetivo é unificar a radiodifusão comunitária e somar forças estratégicas de comunicação independente por diversas regiões.

IMG_3182

Luiz Carlos Dzulinski, jornalista e locutor da rádio comunitária Princesa FM do Paraná e presidente da Apracom (Associação Paranaense de Rádios Comunitárias), reafirmou a parceria com a Acracom e o JT, e enfatizou a importância da união das entidades no momento delicado em que a comunicação independente presencia nacionalmente

IMG_3248

Raul Fitipaldi, da Cooperativa Desacato, acompanhado da presidenta Rosângela Bion de Assis e da cooperada Janaina Machado, falou sobre os programas do portal Desacato e da Cooperativa Comunicacional Sul, além de reafirmar a necessidade do investimento de entidades que defendem os trabalhadores na comunicação independente.

IMG_3257

Assessores do deputado estadual Cesar Valduga: Fernando (esq.) e Michele (dir.)

IMG_3266

O presidente da Fecesc, Francisco Alano, reforçou sua indignação perante a estagnação sindical e a importância do apoio das federações e sindicatos estaduais para os veículos de mídia independente. Embora haja muitos obstáculos e os caminhos estejam se tornando cada vez mais íngremes, diversos sindicatos e entidades já afirmaram: “Não iremos investir mais um centavo na mídia convencional golpista”

IMG_3190

Graciela Caino, representando o Sinte-SC, foi uma das vozes que reforçou com afinco a posição do Sindicato dos Trabalhadores da Educação sobre manter a parceria com o Jornal dos Trabalhadores e sobre não investir mais nos veículos de mídia tradicionais

IMG_3264

Presidente do SindaspiSC, Arnoldo Ramos, parceiro do JT e da Acracom, criticou a situação atual e o momento político delicado, reforçando a ampliação de parcerias e a união das entidades representantes dos trabalhadores com a comunicação independente

iza

Jornalista e locutora do Jornal dos Trabalhadores, Izabel Fávero (centro), dando entrevista ao vivo ao Desacato

Fazer jornalismo e competir com a mídia tradicional não é somente uma questão de tempo e força de trabalho, mas também de investimento.

Deixe o seu comentário