Ex-alunos invadem escola e matam oito a tiros em Suzano, na Grande São Paulo

Mortes na Escola Estadual Raul Brasil chegam a 10, entre eles cinco estudantes do ensino médio, duas funcionárias da escola, o dono de uma locadora de veículos, e os dois atiradores.

1552483173_355370_1552496900_noticia_fotograma

El País

Um ataque à Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, deixou um total de dez mortos (incluindo os autores do atentado) na manhã desta quarta-feira. Segundo o Governo de São Paulo, os autores do massacre de Suzano são dois ex-alunos da escola, que invadiram o o local e atiraram a tiros contra os presentes. O Governo de São Paulo informou inicialmente que os dois atiradores haviam cometido suicídio, porém, o secretário de Segurança Pública, João Camilo, informou que um deles foi “eliminado”. Ainda há feridos, alguns em estado grave, que foram levados para hospitais da região.

O que se sabe até agora sobre o ataque à E.E. Professor Raul Brasil:

  • As vítimas do massacre de Suzano: cinco estudantes do ensino médio (identificados como Pablo Rodrigues, Cleiton Antônio Ribeiro, Caio Oliveira, Samuel Melquíades Silva de Oliveira e João Victor Ramos Lemos); duas funcionárias da escola (coordenadora Marilena Vieira Umezo e a funcionária Eliana Regina de Oliveira Xavier); o dono da locadora de veículos onde eles roubaram o carro usado no crime (identificado como Jorge Antonio Morais).

 

  • As autoridades estaduais inicialmente informaram que os dois autores da matança cometeram suicídio. Entretanto, posteriormente, disseram que ao menos um deles foi “eliminado” (sem dar detalhes). Contabilizando os dois atiradores, são 10 mortes.

 

  • Governo de São Paulo diz que os atiradores eram ex-alunos, identificados como Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, Luiz Henrique de Castro, de 25 anos.

 

  • Dupla invadiu a Escola Estadual Raul Brasil por volta das 9h30 e iniciou o massacre.

 

  • Há uma dezena de feridos, alguns em estado grave, socorridos a hospitais da região.

 

  • Os autores do massacre usaram um revolver calibre 38, um arco e flecha, uma besta (artefato que dispara flechas),  e ao menos um machadinho.

Deixe o seu comentário